Menu
Banner

Escolas da rede municipal de Uberlândia iniciam aulas com algumas pendências

As aulas nas escolas municipais de Uberlândia começaram nesta sexta-feira (16) com 122 instituições em funcionamento e que deverão cumprir o calendário de 200 dias letivos. Já as escolas que serão assumidas pelas organizações sociais ainda aguardam autorização para iniciar as atividades.

Outra pendência para o início do ano letivo é quanto à entrega dos novos uniformes aos alunos. No ano passado, a rede municipal também não recebeu o item em tempo hábil devido ao atraso nos processos de licitação.

Segundo a secretária municipal de Educação, Célia Tavares, os itens para este ano já foram solicitados e estão sendo confeccionados. A previsão é de que a entrega ocorra no próximo mês. “Os uniformes ainda não recebemos, mas a Prefeitura já adquiriu. Estamos apenas aguardando a entrega da confecção com previsão para o início de março”, comentou.

Já os kits de materiais escolares chegaram com antecedência em todas as escolas e serão distribuídos após o período de matrículas e de adaptação dos alunos. A secretária disse que os gêneros básicos para compor a merenda escolar também já estão à disposição das escolas com estoque inicial de carne. Os demais itens perecíveis começam a chegar na próxima segunda-feira (19).

 

Servidores

 

Para o atendimento aos cerca de 61 mil alunos da rede, a Secretaria Municipal de Educação (SME) efetivou a contratação por período determinado de aproximadamente 2,5 mil servidores entre professores, educadores e auxiliar de serviços administrativos (ASA).

Os profissionais que prestaram processo seletivo simplificado foram remanejados para atender as escolas de toda a rede em diversas disciplinas e funções.

 

Novas escolas e transporte

 

As seis escolas de ensino infantil e fundamental que serão administradas por organizações sociais da cidade continuam de portas fechadas para aguardar a liberação da Superintendência Regional de Ensino (SRE).

As duas escolas de ensino fundamental dos bairros Residencial Pequis e Monte Hebron, que serão geridas pela Fundação Filadélfia do 1º ao 5º ano, devem receber a autorização para funcionamento nos próximos dias.

Enquanto isso não ocorre, a secretaria municipal disponibilizou o transporte escolar para que os alunos desses bairros continuem frequentando as instituições em que estavam matriculados no ano passado. Os veículos passarão nos pontos designados entre às 6h e 6h15 para as aulas do turno da manhã e às 12h e 12h15 para as aulas da tarde.

O G1 procurou o diretor da SRE, Jakes Paulo Félix dos Santos, para esclarecer sobre o processo de autorização para funcionamento das escolas. No entanto, ele não retornou ao contato nesta manhã.

Além das quatro unidades, as escolas de ensino infantil no Chácaras Panorama e no Bairro Shopping Park, que serão administradas pelo Grupo Salva Vidas e Missão Sal da Terra, respectivamente, também aguardam o aval do Estado para iniciarem os trabalhos.

O impasse é quanto à atualização da documentação das instituições que já foi remetida para a SRE e passa por nova análise do órgão.

NOTICIA RETIRADA DO SITE "G1"

Publicado em: 16/02/2018

© 2018 Copyright - Todos os direitos reservados